O Livro que Roubava Meninas

Apesar do título aparentemente divertido, "O livro que roubava meninas" perturba. Baseado em histórias verdadeiras de desaparecimento, creepypastas e investigações do próprio autor, "O livro que roubava meninas" consegue mesclar ficção com fatos verídicos como reforço à argumentação.

 

Não se trata de um livro que engole pessoas ou objetos amaldiçoados de filmes B. A história gira em torno de um professor de Educação Física averso a livros que acidentalmente descobre uma conspiração silenciosa de desaparecimento e morte de jovens adolescentes.

 

Os livros são as conexões, as ferramentas de sedução, afinal, quantas meninas são roubadas por livros hoje em dia?

Lentamente, o professor Corso Peres mergulha em um mundo secreto povoado pelos Bibliólatras - adoradores de livros - que ajudam a trafegar os livros-isca entre as escolas e as meninas.

 

As vítimas, aos poucos, tornam-se zumbis sem vontade, completamente entregues às obras românticas deixadas estrategicamente para elas. Onde vão as desaparecidas? O que fazem? Há um líder nessa operação profana de desaparecimento, escravidão e morte? Como vencê-los?

Se os livros pudessem escrever, que livros escreveriam? ---------------

Em busca de seu grande amor e da salvação da própria reputação, Corso Peres testemunhará o que nenhuma mente sã suportaria, enquanto o leitor será arrastado com ele a esse reino bizarro de terror que levantará, inevitavelmente, as questões: será que este livro que estou lendo é um dos livros malditos? Estarei eu, também, sendo manipulado enquanto aprecio essa história?

 

Visite os links oficiais de O Livro que Roubava Meninas:

 

O Livro que Roubava Meninas no Skoob

O Livro que Roubava Meninas na Amazon

 

 

Você pode comprar O Livro que Roubava Meninas pela Amazon ou nessa página.

 

1/16

Um professor de Educação Física averso a livros que acidentalmente descobre uma conspiração silenciosa de desaparecimento e morte de jovens adolescentes.

 

Os livros são as conexões, as ferramentas de sedução, afinal, quantas meninas são roubadas por livros hoje em dia?

Lentamente, o professor Corso Peres mergulha em um mundo secreto povoado pelos Bibliólatras - adoradores de livros - que ajudam a trafegar os livros-isca entre as escolas e as meninas.

 

As vítimas, aos poucos, tornam-se zumbis sem vontade, completamente entregues às obras românticas deixadas estrategicamente para elas. Onde vão as desaparecidas? O que fazem? Há um líder nessa operação profana de desaparecimento, escravidão e morte? Como vencê-los?

O Livro que Roubava Meninas

 

229 páginas

 

Ebook à venda pela Amazon

Baixe em seu Kindle ou em seu aparelho Samsung (celular ou tablet)

 

R$ 14,40 promoção

R$ 0,00 Kindle Unlimited

Luciano Milici :: Ficções é a página pessoal e o blog oficial do autor Luciano Milici. Todos os textos são de autoria própria, exceto quando citada a fonte/referência. Proibida a cópia digital ou impressa sem autorização escrita do autor e citação da autoria. Comentários no blog podem ser moderados de acordo com a qualidade do conteúdo. Contate luciano.milici@gmail.com

Luciano Milici :: 2015 ©